Resfriado e dor de garganta: limão, mel e gengibre

16 May    Uncategorized via102
May 16

Resfriado e dor de garganta: limão, mel e gengibre

Remédio natural para a gripe, tosse e dor de garganta, à base de limão, mel e gengibre. Descubra como prepará-lo!

Ultimamente sinto muita gente à farmácia com dor de garganta e gripe, porque começam as viagens e as primeiras férias de alguns afortunados e o tempo é muito variável ainda. A tosse, dor de garganta, congestão nasal e febre são sem dúvida os sintomas mais comuns em um resfriado.
Uma vez que aparece algum destes sintomas, é importante não subestimá-los e pensar que podem desaparecer por conta própria. O melhor é tentar sua gestão o mais rapidamente possível e é bom lembrar que não só podemos nos ajudar de remédios para o resfriado, mas existem remédios da avó que nos ajudarão a que se cure mais rápido. Por isso sempre recomendo que você siga em conjunto com os medicamentos que existem no mercado (paracetamol, ibuprofeno, acetilcisteína, guafenenesina, clrohexidina, ambroxol…) e que dependerá dos sintomas que se revelem e a gravidade. Sempre tem que pedir recomendação do médico ou farmacêutico que possa nos orientar de acordo com os sintomas que temos.
Hoje vou ensinar a preparar uma mistura muito simples e útil para a tosse, dor de garganta e muco. Não é mais que um preparado líquido à base de limão, mel, gengibre e anis-estrelado. Quatro ingredientes que já por si têm ação anti-séptica e anti-inflamatória, mas que combinados tornam-se um bom remédio para combater as bactérias, acalmar a tosse e fazer uma boa ação, como expectorante.

Como preparar o xarope de limão, mel e gengibre?
Estes são os produtos e as quantidades que você vai precisar de:
1 frasco de vidro esterilizado e hermeticamente
1 limão
4 frutas de anis estrelado
Gengibre
Mel, de 2 a 4 colheres de sopa
Em primeiro lugar há que lavar o limão e corte-o em fatias finas. Fique com as sementes, mas não descasque. Em seguida, pegue o gengibre, pelas e também curtas em rodelas finas.
Em um frasco de vidro esterilizado você terá que derramar um pouco de mel. Não importa o tipo de mel que você colocar, porque há muitos tipos, mas todas te servirão. Isso sim, é que não está cristalizada, mas que esteja um tanto líquida para poder verterla com facilidade. No caso que esteja mais dura do que esperava só que você tem que colocá-lo em banho-maria cerca de poucos minutos até ver, fica cremosa.
Após o vazamento da primeira camada de mel vai alternando uma fatia de limão com gengibre das cortado antes e, além disso, ele adicionará as 4 peças de anis estrelado para que seja distribuída por todo o frasco (o anis é opcional se você não gosta do sabor). Quando você já tem todos os pedaços bem alternados e no recipiente, o que você acabou de encher com o resto do mel. Isso sim, presta atenção enquanto você faz isso para evitar que se formem bolhas de ar em qualquer área, porque isso evitaria que o mel é distribuída por todas as partes. Deve ficar todo coberto entre os ingredientes e o mel.
Uma vez que esteja completamente cheio, você tem que fechá-lo e guardá-lo na geladeira, deixando repousar durante pelo menos 3-4 dias antes de usá-lo. Durante este período de tempo, a pectina contida na casca do limão e o mel formam uma espécie de gelatina, que será o que vai dissolvido em forma de chá ou simplesmente em um copo de água morna, mas não quente.
Este preparado pode aguentar a geladeira de um mês, então você pode tê-lo à mão sempre que haja indícios de resfriado para usá-lo no momento que for necessário. Se você está frio e você tem dor, muco de peito ou tosse só precisa pegar uma colher de sopa desta mistura umas 4 ou 5 vezes ao dia junto com a medicação que lhe tenham aconselhado, sempre que necessário e, havendo perguntado antes na farmácia ou ao médico.