Cebola: propriedades, benefícios e contraindicações

30 Aug    Uncategorized via102
Aug 30

Cebola: propriedades, benefícios e contraindicações

38 Kcal/100g provenientes em sua maioria do conteúdo em glicose, sacarose e outros hidratos de carbono. As proteínas estão presentes em um percentual pequeno, mas notável.

Em vitaminas, são todas mesmo em pequenas quantidades, ao igual que acontece com os minerais, entre os quais destaca-se o potássio.

Em oligoelementos, o mais abundante é o enxofre. Os sais minerais da cebola convertem-se em carbonatos de reação alcalina ao passar para o sangue, o que explica seu notável efeito alcalinizante. É dizer, que ajuda o organismo na eliminação de substâncias residuais que geralmente são de natureza ácida.
A cebola é muito rica em substâncias não nutritivas, dotados de uma grande ação fisiológica:

Óleo essencial: Sua composição é muito complexa, já que é formada por uma mistura de mais de uma centena de substâncias diferentes, entre as quais se destaca o bissulfeto de alilo e o tiosulfinato.
Flavonóides: São substâncias de tipo glucídico que favorecem a circulação sangüínea, impedem a formação de coágulos e bloqueiam a oxidação de lipoproteínas de baixa densidade, causadores da arteriosclerose. É rica em quercetina, um dos flavonóides mais ativos.
Enzimas: É rica em substâncias enzimáticas como verificou e as diastasas, que têm uma acção dinamizadora sobre os processos digestivos.
Glucoquina: Tem a faculdade de reduzir o nível de glicose no sangue.
Fibra vegetal: Que contribui para a sua ação hipolipemiante, diminuindo a absorção de colesterol.

Por tudo isso, pode-se dizer que a cebola tem propriedades antibióticas, expectorantes, cardiotónicas, diuréticas e anti-tumorais.

Composição:
COMPONENTEPor cada 100 g de parte comestível crua

Energía38,0 Kcal = Kj 158

Proteínas1,16 g

Hidratos de Carbono6,83 g

Fibra1,80 g

Vitamina A —

Vitamina B10,042 mg

Vitamina B20,mg 020

Vitamina B30,431 mg

Vitamina B60,116 mg

Vitamina B919,0 ug

Vitamina B12 —

Vitamina C6,40 mg

Vitamina E0,130 mcg

Calcio20,0 mg

Fósforo33,0 mg

Magnesio10,0 mg

Hierro0,220 mg

Potasio157 mg

Zinc0,190 mg

Gordura total0,160 g

Gordura saturada0,026 g

Colesterol —

Sodio3,00 mg
Doenças em que o seu uso pode ser aconselhável:
Aparelho Respiratório: Asma. Catarro. Congestão brônquica. Bronquite.Bronquiectasias. Enfisema pulmonar. Excesso de muco. Insuficiência respiratória. Muco espesso. Pneumonia. Tosse.
Fígado: Congestão hepática. Hepatite. Fígado gorduroso.
Renal: Insuficiência renal. Litíase renal.

Outros:
Ácido úrico.
Alcoolismo.
Aterosclerose.
Câncer.
Ciática.
Colesterol.
Fraqueza muscular.
Descalcificação óssea.
Diabetes.
Gravidez.
Gota.
A insónia.
Obesidade.
Retenção de líquidos.
Reumatismo.
Tabagismo.
Distúrbios do sistema nervoso.
Triglicerídeos.
Dados a ter em conta:

Para os distúrbios cardíacos e combina muito bem com a uva, a noz, a cebola, cereais integrais, a cevada, o centeio, a batata, o pêssego, morango, abóbora, abobrinha, a manga, as leguminosas, a soja, o farelo de trigo, o azeite, a fibra, a anona, a ervilha, o brócolos e a toranja.
Para a diabetes combina muito bem com legumes, verduras, cereais integrais, frutos secos, alcachofra, aipo, judaica verde, abacate, cebola, cogumelos e germe de trigo.
Para o câncer combina muito bem com laranja, limão, tangerina, ameixa,maçã, banana, uva, amora, morangos, cerejas, acerola, fibra, pão de centeio, beterraba vermelha, couve, couve-flor, soja, cenoura, tomate, berinjela,pimentão verde, iogurte, cebola, alho, salsa, brócolos, rabanete e azeite de oliva.
Para os transtornos de ácido úrico e gota combina muito bem com mel, nozes, cereja, morango, uva, maçã, aipo, alcachofra, amêndoas,castanhas, grão de bico, feijões, legumes, verduras, iogurte e azeite de oliva.
Para os distúrbios do fígado combina muito bem com alcachofra, aipo e legumes, maçã, uva, nêspera, morango, rabanete, lecitina de soja, fibra,ameixa, cereja, cardo, chucrute, tapioca, tamarindo, levedura de cerveja e óleo de oliva.
Para os distúrbios respiratórios combina muito bem com alho, rabanete, rábano rusticano, cenoura, agrião, tâmara, borragem, figo, quiabo, mel, própolis,laranja, tangerina, limão, grapefruit, kiwi e água.
Para os transtornos do rim combina muito bem com água, limão, avelã, fibra, alcachofra, aipo, berinjela, borragem, couve-flor, espargos, jobo vermelho, judaica verde, abóbora, abobrinha castanha, tâmara, milho, batata, óleo de peixe, cereais integrais, maçã, pêssego, melão, melancia, nêspera, pêra e uva.
Contra-indicações e Efeitos secundários:
Intolerância a qualquer um de seus componentes.
As pessoas que apresentam distúrbios do aparelho digestivo, tais como acidez gástrica, gastrite, flatulência ou úlcera gástrica, devem limitar o seu uso, já que pode ocorrer um agravamento dos sintomas da doença.
Devido a que a planta de cebola atua como um antiacoagulante não é recomendado o consumo do bulbo no caso de ter hemorragias internas ou estar em tratamento com antiagregantes plaquetarios.